quarta-feira, 20 de junho de 2012

O QUE É PECADO?


A palavra pecado é um termo utilizado em contexto religioso, descrevendo qualquer desobediência às leis de Deus. No hebraico e no grego as formas verbais (hhatá e hamartáno) significam errar, no sentido de não atingir um alvo estabelecido. Ninguém erra porque quer, as pessoas erram por uma fraqueza, logo é algo que foge da vontade daquele que errou, salvo aqueles que erram conscientes. Tiago escreveu algo interessante:Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência; Tg 1:14. Cada um tem o bem e o mau dentro de si.

Jeová autorizou o divórcio caso o homem achasse na mulher defeito físico, mas na lei Jeová condenou o ato, contraditório! O que é pecado ou não, é algo estabelecido por cada país, por exemplo: No Brasil é proibido a poligamia (casamento com mais de um cônjuge), mas em alguns países é permitido, ou seja, em alguns países não é pecado. Em países árabes a poligamia não é pecado.

O estupro é algo terrível, mas o deus do Monte Sinai autorizava seus filhos a praticarem tamanha maldade nas guerras. Jeová condenava o estupro no arraial de Israel mas contra os outros povos era autorizado, Pergunta: Qual é o conceito de pecado pros autores do VT? Vamos conferir: Filho do homem, quando uma terra pecar contra mim, se rebelando gravemente, então estenderei a minha mão contra ela, e lhe quebrarei o sustento do pão, e enviarei contra ela fome, e cortarei dela homens e animais. Se rebelando como? Se os outros povos não tinham lei? Só quem tinha a lei era o povo de Israel. Os outros povos nem conheciam Jeová como eles iriam se rebelar gravemente? Ez 14:12-22. 

Como um educador pode acusar um aprendiz de errar gravemente se o certo e o errado não foi ensinado? Antigamente pecado era não ir pra guerra; Nm 32:20-23. Isso significa que não matar era pecado grave, mas na lei de Jeová diz: Não matarás; Ex 20:3. Pergunta: Matar é pecado? Sim, mas pra Jeová matar os outros povos considerados inimigos não.

Prevaricação e transgressão, são duas expressões para designar pecado, pergunta: Roubar é pecado? Sim, e quem pratica o roubo merece ser preso, mas na cabeça dos autores bíblicos roubar os outros povos não era pecado. Quando Jericó foi destruída a prata, o ouro, os vasos de metal deveriam ser trazidos a Jeová, pois deveriam ser depositados no seu tesouro particular; Js 6:19/6:24 / I Reis 7:51 / 15:18. Israel trazia o despojo das guerras que eram ouro, prata, animais e homens (para escravizar), mas o que é despojo? É roubo. Pois é, um povo escolhido e santo como Israel nas guerras roubava, matava, estuprava, cobiçava... Nada era considerado pecado.

Jeová determina a morte de um animal inocente como oferta pelo “pecado”, ora, que culpa tem o animal do erro de alguém? Lv 4 / Hb 10:4. Se sangue de animais não tira pecados e nem desejos, logo os sacrifícios de animais praticados na lei tinham outra função, jamais foi para tirar pecados. Na lei imperfeita de Jeová um homem foi apedrejado atá a morte pois apanhava lenha no sábado.

Conclusão
É errado matar? Roubar? Estuprar e etc? Sim é claro que essas coisas são inaceitáveis dentro de uma sociedade, tudo isso é uma questão de ética, falha de caráter e comportamento. Certo e errado é algo determinado pelo governo de cada país, e pecado é algo da consciência de cada um. Em Israel existem práticas de atrocidades que no Brasil são inaceitáveis. Não existe pecado original, tudo isso é invenção da igreja.

13 comentários:

  1. Porque ele também é carne pode se referir ao espírito de Jeová e também ao homem. O uso do pronome ele gera duplo sentido. Porque o homem também é carne ou porque o espírito de Jeová também é carne.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O uso do pronome ele gera a dúvida de que se o ele se refere a Jeová ou ao homem.


      Não contederá para sempre o espírito de Jeová com o homem, porque o homem é espírito e também é carne.

      ou

      Não contederá para sempre o espírito de Jeová com o homem, porque o espírito de Jeová também é carne. O espírito de Jeová também é carne?

      Excluir
    2. O uso do pronome ele gera a dúvida de que se o ele se refere ao espírito de Jeová ou ao homem.

      Excluir
    3. O homem também é carne, além de ser espírito e não também é carne porque Jeová é carne.

      Excluir
  2. Olá, gostaria de estar compartilhando essa matéria que aborda sobre Paulo e seu apostolado (que não é muito diferente dos apostolos Vardemilo $an Tiago, Renew Terra Cota, etc.). Sugiro até você a tomar cuidado com os versículos que usa das cartas deste "apostolo" fake pra defender qualquer ponto de vista bíblico.

    Eis o link: http://exegeseoriginal.blogspot.com.br/2012/06/paulo-foi-mesmo-apostolo.html

    Bom estudo.

    ResponderExcluir
  3. Pecado é todo o que fazemos contrário à vontade de Deus.
    Se não fazemos a vontade de Deus, simples, fazemos a nossa ... pecamos.
    Porque ou somos escravos de Deus ou do Pecado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. irmão Cristo veio para nos tirar do pecado porque o pecado estava na lei que era de condenação aos romanos.3-19.20 Deus não leva em conta o tempo da ignorância mas dizer que Deus faz de nos escravos o teu deus jeova não é o pai de Cristo mas o falso deus jeova busca a verdade e ela te sera revelada amem

      Excluir
    2. João 8
      54,55 Respondeu Jesus: Se me glorifico a mim mesmo, a minha glória não é nada; meu Pai é quem me glorifica, aquele que vós dizeis ser o vosso Deus e, contudo, não o conheceis...

      Tal como os israelitas você só conhece o nome Jeová, você não o conhece a Ele.
      Como quer que acredite em si, se afirmar que conhece seu Pai e não souber dizer-me o nome dele.

      Meu Deus e Pai é Jeová, aquele que muitos tal como voce só conhecem o nome.

      Excluir
  4. Calebe, gosto muito dos seus estudos, mas em um deles que é sobre o Deus conhecido e o desconhecido você cita que Saulo apresentou aos gregos o Deus que eles não conheciam até o momento e no seu estudo esse seria o Nosso Pai Espiritual.

    Mas nesse estudo você escreveu:

    "Os outros povos nem conheciam Jeová como eles iriam se rebelar gravemente? Ez 14:12-22." 

    Então o Deus desconhecido dos gregos também pode ser Jeová, no caso deles eles não conheciam nem Jeová e nem o Pai.

    Como que fica esse pensamento querido, de qual desconhecido os gregos precisavam "conhecer"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade irmão os outros povos não conheciam a Lei e os mandamentos do deus Jeová, mas a fama de Jeová era bem conhecida, isto é, o deus dos judeus era bem conhecido por suas "maravilhosas desgraças".
      Jeová deu a lei somente para uma nação, e pro resto do mundo não, mas Jeová era conhecido sim por seus feitos. Ninguém conhecia o Pai até Jesus se manisfestar, e Paulo foi pregar aos gregos o Deus que ninguém conhecia e esse deus não é Jeová.

      Jeová cometia injustiças em derramar pragas nas outras nações, pois elas não conheciam suas leis, somente os judeus conheciam. Mas Jeová era conhecido de todos pelo que aprontava na era antiga.

      Excluir
  5. O que é pecado?
    Pecado é falta de amor para com Deus. - 1 João 5:3.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pecado é invenção dos homens...

      Excluir
    2. Isso dito por um inventor, só pode invenção.
      Ainda bem que temos a verdade. - João 8:34

      Excluir

Sobre Comentários: O que pode? Concordar, discordar, opiniões contra e a favor, compartilhar sites, links, vídeos, estudos científicos, religiosos e etc. O que não pode? Palavões, baixarias, ofensas de cunho pessoal e piadas.