sábado, 24 de março de 2012

O MISTÉRIO DA TRANSFIGURAÇÃO

Os mortos podem se comunicar com os vivos? Moisés morreu! Pra qual céu Elias foi levado? No novo testamento temos a resposta de que espírito procedia Elias, o texto diz: E seis dias depois Jesus tomou consigo a Pedro, a Tiago, e a João, e os levou sós, em particular, a um alto monte; e transfigurou-se diante deles; e as suas vestes tornaram-se resplandecentes, extremamente brancas como a neve, tais como nenhum lavadeiro sobre a terra os poderia branquear. E apareceu-lhes Elias, com Moisés, e falavam com Jesus; Mc 9:2-7. E Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: mestre, é bom que estejamos aqui; e façamos três cabanas, uma para ti, outra para Moisés, e outra para Elias. Pois não sabia o que dizia, porque estavam assombrados. E desceu uma nuvem que os cobriu com a sua sombra, e saiu da nuvem uma voz que dizia: Este é o meu filho amado; a ele ouvi.

A primeira coisa a ser analisada é: Os mortos podem se comunicar com os vivos? Em  DT 32:48-52 /34:5 prova que Moisés morreu e Elias? E sucedeu que, indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho; II Rs 2:11. Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o filho do homem, que está no céu; Jo 3:13. Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver; I Tm 6:16. Bom, se ninguém subiu ao céu ao não ser Jesus cristo, que desceu do céu, Deus que habita na luz inacessível a quem nenhum homem viu e nem pode ver, Elias então subiu em qual céu? Pra que céu Elias foi? Pedro não sabia o que dizia, pois estava assombrado, espantado, transtornado, sabemos que uma pessoa assim não fala coisa com coisa, e foi o caso de Pedro. Uma voz do céu disse: Este é meu filho amado, o único gerado, unigênito, único filho de Deus na carne, a ele ouvi. É simples entender, são 3 fundamentos:

Moisés que representa a lei de Jeová, Elias que representa os profetas e Jesus único mediador, a voz do Pai disse: Este é meu filho amado a ele ouvi, ou seja, não devemos mais seguir a lei e os profetas, somente devemos seguir a Cristo. Veja só o que acontece quando Jesus se prepara para ir a Jerusalém: E aconteceu que, completando-se os dias para a sua assunção, manifestou o firme propósito de ir a Jerusalém. E mandou mensageiros adiante de si; e, indo eles, entraram numa aldeia de samaritanos, para lhe prepararem pousada, mas não o receberam, porque o seu aspecto era como de quem ia a Jerusalém. e os seus discípulos, Tiago e João, vendo isto, disseram: senhor, queres que digamos que desça fogo do céu e os consuma, como Elias também fez? Lucas 9:51-56. voltando-se, porém, Jesus repreendeu-os, e disse: Vós não sabeis de que espírito sois? Jesus estava dizendo que o espírito que faz cair fogo do céu não é o seu, nem de seu Pai.

Porque o filho do homem não veio para destruir (matar) as almas dos homens, mas para salvá-las. E foram para outra aldeia. os discípulos ainda não tinham recebido o espírito santo (entendimento), porque os samaritanos não quiseram dar pousada para eles, tiveram a brilhante ideia de orar para cair fogo do céu, e matar aquelas almas queimadas. onde eles aprenderam isso, aonde? Aprenderam com Elias, pois Elias fez isso com os profetas de Ball, Elias fez prova para mostrar quem era deus, Jeová se manifestou com fogo, ao invés de Elias ter pregado o arrependimento para se convertessem, não, matou a todos a espada. o ministério de Elias era ministério de morte. 

Jesus declarou que o espírito de cair fogo do céu não era o seu, de qual espírito então ele estava falando e repreendendo? Jesus fala em mistérios, esta falando sim de Jeová. Não devemos seguir Moisés que representa a lei de Jeová. Não devemos seguir Elias que representa os profetas que Jeová constituiu. A voz do Pai disse: Esse é meu Filho amado a ele ouvi, somente devemos seguir a Cristo e desprezar o resto.


Resumo
Uma fabula judaica de um homem subindo ao céu numa carruagem de fogo e de outro aparecendo como um fantasma falante. Um conto desse foi parar direto no novo testamento. Acontece que nem os 4 evangelhos existe concordância. João mata a pau dizendo que ninguém subiu ao céu, logo exclui Elias. Mas Lucas e Paulo tinha um visão diferente e eles faziam questão de deixar registrado que o Pai de Jesus não era Jeová.

17 comentários:

  1. Então, por que Jesus não apareceu logo no tempo de Moisés?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se antes de Ezequiel Jeová era perfeito, então no tempo de Moisés Jeová era perfeito. E não foi o próprio Jeová que anunciou a vinda de Jesus?

      Excluir
    2. Então, a partir de quando, qual profeta, o Pai de Jesus começou a anunciar a vinda de Jesus e Jeová, aproveitando a idéia, começou a anunciar também? Numa situação dessas o povo devia estar confuso, sem saber quem é quem.

      Excluir
  2. Em Jeremias 2:5 Assim diz o SENHOR: Que injustiça acharam vossos pais em mim, para se afastarem de mim, indo após a vaidade, e tornando-se levianos?

    A autorização que Deus Jeová deu para Satanás atormentar Jó é uma injustiça. Dizer que Jeová não é o verdadeiro Deus é uma maneira de dizer que o verdadeiro Deus não cometeu injustiça.

    ResponderExcluir
  3. Em João 3:11, Jesus disse: Na verdade, na verdade te digo que nós dizemos o que sabemos, e testificamos o que vimos; e não aceitais o nosso testemunho.

    Em João 3:12, Jesus disse: Se vos falei de coisas terrestres, e não crestes, como crereis, se vos falar das celestiais?

    Em João 3:13, Jesus disse: Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu.

    João 3:13 ficaria melhor assim: Ora, ninguém conhece melhor o céu, senão aquele que desceu do céu, o Filho de Deus, que está no céu.

    Jesus estaria então dizendo, que ele sabia o que estava falando, porque veio do céu, mas mesmo assim, não estavam crendo nele. Jesus não estava explicando muito bem, por isso, muitos não creram.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se uma pessoa não consegue entender teorias, na prática ela entende não é mesmo?

      Excluir
  4. Calebe, analisando um trecho de sua resposta ao Analista Man:

    "Quando Jeová percebeu a professia do Pai ele também prometeu um"

    Vejo que nunca foi interesse de Jeová mandar um Messias Salvador. Jeová só prometeu quando percebeu que o Pai inspirou os profetas para vinda de um Messias, e foi fácil percebe quando o mesmo sabia o que ele mandava os profetas profetizarem e o que não mandava profetizar.

    Entendo no pensamento de homem (carnal) que sou, que Deus Pai invadiu o território de Jeová para libertar as criaturas de Jeová do sofrimento eterno. Jeová fez de tudo para que o messias não nascesse, e depois que Cristo nasceu e cresceu , chegou a hora de se apresentar ao mundo como Salvador e Messias, mas Jeová tentou seduzi-lo para não completar a obra de CUMPRIR A LEI.

    Deus Pai gerou o Filho pela palavra e se revestiu da roupagem da carne.
    Esta roupagem de criatura de Jeová é imperfeita, sente dores, fome, cansaço, sede, limitações, doenças, sente calor, frio e depende de tudo e de todos. Só mesmo Deus Pai numa condição inferior, foi perfeito e não cometeu pecado, cumpriu a LEI QUE JEOVÁ CRIOU e que era DE TODAS AS FORMAS CONTRA NÓS e ABOLIU. Pagou o preço pelo seu SANGUE na CRUZ e tomou reconciliou o homem com o Pai verdadeiro em JESUS CRISTO.

    Jeová deve ter achado esse AMOR TÃO GRANDE DE DEUS POR NÓS DE AMOR "DOENTIO", porque não esperava que o PAI fosse tão longe. Mas fez tudo isso respeitando os critérios da lei de Jeová sem omitir uma letra.

    Para mim essa foi uma verdadeira GUERRA DE DEUSES ou melhor entre CRIADOR E CRIATURA, de DEUS PAI e deus jeová, mas o Pai se fez por momento menor que os anjos e provou que seu AMOR PELAS SUAS CRIATURAS SEMPRE FOI VERDADEIRO.

    Para mim o LIVRO DE APOCALIPSE É UM LIVRO VERDADEIRO do deus jeová e de seu falso messias, e Cristo nunca ia enviar o seu anjo para falar com João ,Cristo é o nosso mediador entre Deus Pai e os homens, como falou com Paulo pessoalmente sem intermediarios.

    Abraços amado...

    ResponderExcluir
  5. cara como vc é fraco, Elias foi arrebatado as nuvens, assim como Felipe no novo testamento, esses homens não conheceram a morte e foram arrebatados aos céus, onde Jesus disse que aquele que seguir os preceitos do Pai e for escolhido passará longe do juizo e não conhecerá a morte. POUCOS HOMENS conseguiram isso, esses homens os arrebatados estao vivos com o corpo celestial transformado, apareceram eles nessa forma a JESUS só isso e nada tem a ver com a FÁBULA JEOVÁ FALSO DEUS...é cada uma.

    ResponderExcluir
  6. Se o Senhor Jesus é nosso exemplo, nosso salvador, nosso pai...ao ressuscitar falou com seus apostolos que o viram em carne, vivo, como prova que apos a morte existe a vida, a vida sem dor e sem sofrimentos da carne.
    Se Cristo então se comunicou com os vivos, porque então nós, feitos seus filhos em sua salvação não podemos nos comunicar com as pessoas amadas que se foram, não é uma incoerencia isso?
    Jesus não se separou de seus amados apos ressuscitar, pelo contrario, foi ao encontro deles e conviveu alguns dias com eles.
    Nós seremos o contrario???vamos ser completamente separados, sem contato algum, mortos definitivamente?
    Incoerente isso, uma visão que mostra que Cristo separa e não une.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caleb, frequentei varias reuniões espiritas e até livros espiritas lia bastante.
      Não concordo com muitas visões deles, porém a duvida que sempre tive é justamente a que o irmão anonimo levantou.
      Jesus foi e será sempre o unico salvador e nosso espelho, onde demonstrou que ha vida apos a morte desse corpo fisico.
      Mais se ele, sendo o proprio Deus encarnado voltou e conversou com os vivos na carne, não esquecendo seus amados e convivendo com eles durante algum tempo, como nós sendo seus filhos não podemos ter o fazer o mesmo?
      Se não há comunicação entre os que deixaram a carne e os que estão na carne, Jesus então foi a exceção?
      Será que ele não demonstrou que morre a carne, mais o espirito vivo e salvo com por ele não esquece seus amados e que a vida após a morte é realmente viver eternamente feliz junto aos seus amados?
      Jesus apareceu apenas para aqueles que ele amava e que estavam salvos por ele.
      Como o irmão anonimo eu acredito nisso.
      Se possivel gostaria que você postasse mais materias sobre esse assunto tão controvertido.
      Abraço.
      Me chamo Matheus.

      Excluir
    2. Eu concordo com você na questão de que o inferno é aqui.
      Que Jesus testificou que além dessa vida existe uma outra além, uma vida repleta de luz, de amor e eterna, reservada aos filhos da salvação em Cristo.
      Concordo que não haja comunicação entre os que se foram e os que permanecem na carne.
      Mais acredito que os filhos da salvação permanecem juntos no reino de Deus Pai, não mais como pais, filhos, irmãos na carne, mais como irmãos e filhos do mesmo pai.
      Assim como acredito que haja sim lembranças das coisas boas, das pessoas amadas.
      Se isso não for assim, Deus passa a ser um deu de separação e não um Deus que une seus filhos.
      As escrituras e o proprio Jesus não disse muito sobre o alem morte, mais justamente por ser um paraiso onde a mente humana não podera compreender jamais.
      Porque se esse mundo feito por anjos é tão lindo, imagina um mundo feito por Deus para que seus filhos vivam eternamente, unidos e jamais poderão ser separados pela dor, pela morte ou por coisas materiais.
      É preciso crer, acreditar, Deus une, não separa.
      A morte por si só ja faz isso, separar as pessoas que se amam e deixa-las na dor da saudade.
      Nisso eu creio e talvez seja um ensinamento que aprendi no espiritismo, acreditar numa vida de felicidade ao lado de Deus, de Jesus e das pessoas amadas na eternidade.

      Excluir
    3. acho que se prega demais sobre esse mundo e desconhece o depois da morte.
      esse mundo é conhecido, é podre, ninguem precisa falar, agora o que acontece de lá, ninguem sabe e nem busca saber.

      Excluir
    4. Caleb, concordo que não haja reencarnação e acredito que a morte terrena é uma vez só e depois estaremos no reino do nosso Deus Pai com Cristo Jesus, livres de todo o mal e de toda a dor e na paz eterna.
      Porém não concordo com a sua teoria que tudo será esquecido, justamente porque temos sim que lembrar que um dia fomos filhos do deus do mal e que nosso Deus Pai nos libertou.
      Deus Pai não veio destruir nossa mente, nossa personalidade espiritual, pelo contrario, ele veio nos resgatar do mal e nos dar a vida eterna ao seu lado, sem que nós tenhamos que ser espíritos sem memoria ou como um computador onde tudo é deletado.
      Tenho uma grande fé que na vida eterna vamos reencontrar nossas pessoas amadas e queridas e onde iremos ao lado de Cristo e de nossos amados irmãos vivermos eternamente como uma unica e grande família de Cristo e não como um grande povo espiritual sem memoria.
      Respeito então sua opinião Caleb, mais discordo dela ok.

      Excluir
  7. Jesus Cristo em João 5:24 disse:“Em verdade, em verdade vos digo que o que ouve a minha palavra e crê aquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entra em juízo, pelo contrário já passou da morte para a vida.”
    Para aqueles que morreram na graça de Cristo não há mas o tempo, imediatamente vivem para Cristo.
    Disse Jesus em Lucas 20:38 "Ora Deus não é Deus de mortos, mas de vivos; pois todos vivem para ele."
    Exemplo: Alguém que já morreu há 5000 mil anos, na verdade ele esta dormindo porque ele ainda esta no tempo, como para Deus não há tempo ele vive.

    ResponderExcluir
  8. Quando morremos, o corpo, para onde vai nosso espirito salvo em Cristo?
    Vi algumas religiões falarem que o espirito dorme, mas não acredito nesse fundamento, já que Cristo nos salvou não há motivo para que fiquemos dormindo quando nos libertamos da prisão carnal.

    ResponderExcluir
  9. Moisés e Elias voltando mesmo depois de mortos no corpo é a prova de que é possível sim os espíritos dos mortos se comunicarem com os vivos pq afinal Jesus disse q poderíamos fazer o q Ele fez ou até maiores coisas. Quanto ao morrer só uma vez q diz em hebreus, é o morrer do corpo físico. Realmente o corpo morre apenas uma vez, a reencarnação não nega essa verdade( mas o dogma da ressurreição do corpo nega!). É preciso estudar mais sobre reencarnação para vcs poderem tirar conclusões precipitadas, digo isso com todo respeito. Pq muita gente só conhece de Espiritismo o q a mídia mostra e quando muito é pq passou algumas vezes por algum cebfdo espirita e se afastou. O estudo sério e persistente nos traz mais conhecimentos. Quem quiser entender um pouco da ligação Bíblia e Espiritismo eu recomendo os livros do Dr. Severino Celestino da Silva, em especial o livro "Analisando as Traduções Bíblicas" onde ele mostra o texto em hebraico original bíblico, a transliteração e tradução. É muito enriquecedor.

    ResponderExcluir
  10. Como explicar Romanos 11:2-7? Parece contradição.

    ResponderExcluir

Sobre Comentários: O que pode? Concordar, discordar, opiniões contra e a favor, compartilhar sites, links, vídeos, estudos científicos, religiosos e etc. O que não pode? Palavões, baixarias, ofensas de cunho pessoal e piadas.